Aprendizado Cotidiano

Como Vender Brigadeiros Mudou a Minha Vida

10:22:00Cristão Diferentão por Vinicius Castro

VOU COMEÇAR AVISANDO QUE ESTE NÃO É UM TEXTO SOBRE EMPREENDEDORISMO. SE VOCÊ CLICOU PENSANDO ISSO, SINTO TE INFORMAR QUE NÃO É.

Eu não fiquei rico vendendo brigadeiros. Nem mesmo fiquei rico, pelo menos não de dinheiro. Mas vender brigadeiros me fez vivenciar coisas que eu nunca imaginei e passar por cima de coisas que eu não sabia que precisava vencer. Tornou-me alguém mais amável, simpático e sensível em relação ao meu próximo.
Percebi que muitas pessoas tem preconceito com vendedores ambulantes, inclusive eu provavelmente já fui uma dessas. Percebi que quanto mais barato é o seu produto, mais você é visto como um pobre coitado por estar vendendo. Eu penso que já cultivei esse preconceito porque no início tinha vergonha de oferecer os meus maravilhosos brigadeiros. Pra falar a verdade, se eu estivesse vendendo sozinho não teria continuado.
Como eu ia dizendo, tinha vergonha de estar ali, como se estivesse em uma posição inferior àquele que estava comprando. Que ideia idiota! Não pense assim. Ninguém é o que tem, você não é melhor porque tem grana para pagar. Não seja essa pessoa preconceituosa.
Vencer esse preconceito já foi uma vitória, mas não acaba aí. Vendendo brigadeiros, comecei a gerenciar meu tempo, ser mais paciente e também comecei a poupar. Esse é um trabalho de formiguinha. Cada cliente deixava um ou dois reais, às vezes mais, mas em geral uma moeda. Eu tinha que tirar os gastos para fazer, os gastos com alimentação e o dinheiro do ônibus. Tornei-me um microempreendedor individual. Minha venda exigia uma demanda gigante para chegar ao número da comissão de um vendedor de carros Mercedes-Benz, por exemplo, mas Graças a Deus as pessoas compram mais brigadeiros do que Mercedes.
Venci preconceito, cultivei paciência e até juntei uma graninha, mas eu ainda tinha mais para ganhar. Vendendo brigadeiros eu conheci pessoas novas e muito interessantes. Como um jovem senhor de cabelos brancos que diariamente comprava dois, um brigadeiro rosa e um beijinho de coco, e sempre reclamava da variação de tamanho entre eles – eu respondia com um sorriso dizendo que são artesanais e, por isso, diferentes – ele não demonstrava achar graça, mas voltava para comprar mais. Conheci uma senhora muito polêmica entre os universitários, ela dizia que não podia comer doce, mas nunca levava menos que dois. Conheci também uma professora tão fofa que a coisa menos linda que ela fazia era deixar o troco para mim, ela é uma flor em forma humana.
Nessa experiência, conheci também fatos novos sobre velhos amigos. Escolher um doce diz muito sobre alguém. Descobri que existem pessoas iguais a mim, amam coco, e outras diferentes de mim, que odeiam coco; mas isso nunca foi problema pois eu sempre fiz as duas opções. Viva a diferença!

Aproveito para deixar uma dica: Quer provar se uma amizade é real? Chame a pessoa para vender brigadeiro com você.

Preconceito superado, paciência exercitada, graninha acumulando, pessoas novas e fatos novos sobre velhos amigos, ainda por cima aprendi mais sobre os seres humanos.
E foi assim que vender brigadeiros me fez ser alguém melhor.

Se você está precisando melhorar como pessoa, talvez você possa começar vendendo brigadeiros. Vem comigo? Na verdade indico você a vender algo salgado, está em falta no mercado, pelo menos no meio universitário. 
Vinicius Castro 

Você também vai gostar de:

8 comentários

  1. O que dizer desse texto que eu vou compartilhar SIM SENHOR???

    AMEI! <3

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto!!! Obrigado por compartilhar sua experiencia de uma forma tão doce (quase que literalmente, haha) e simples. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha obrigado Rose! Quando quiser experimentar de verdade passe pela UF haha

      Excluir
  3. Que experiencia ótima. Fico feliz que tenha dado tão certo para você. Uma vez eu tentei vender brigadeiros na escola ... mas não deu muito certo, porque eu comi todos, foi assim que descobri que sou melhor compradora (porque penso bem antes de comprar) do que vendedora (porque quero tudo para mim). Ah! Seus conselhos sobre chamar um amigo para vender brigadeiro e vender algo salgado foram os melhores hahaha ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju essa foi minha maior luta, não comer os brigadeiros! hahah Fico feliz por você compartilhar e também ter gostado do texto. Melhores amigos!

      :)

      Vinicius

      Excluir
  4. Experiência muito válida, tudo aquilo que nos torna alguém melhor precisa ser compartilhado!
    E obrigada por compartilhar!

    www.evelynsouza.com

    ResponderExcluir

Fala pra nós o que você achou!

Formulário de contato